domingo, 17 de julho de 2011

ORIGEM DO SOBRENOME ALMEIDA

Brasão da família Almeida
A família Almeida se origina na nobreza portuguesa. O primeiro a receber o nome, e portanto o fundador da família, foi Payo Paes Guterres, que na época de Sancho 1º (1154-1211) 2º Rei de Portugal, tomou dos árabes em Riba Coa, o Castelo de Almeida e o recebeu como feudo D’ EL Rei. A família Almeida, portanto, tem origem na família hispânica Gutierrez.

Ele o legou aos seus descendentes que, após sua morte, tomam o nome deste castelo como sobrenome de família, que aparece pela 1ª vez na história européia, em 1258, com João Fernandes de Almeida, que fundou a Vila de Almeida no Concelho de Mangualde, antigamente Termo de Azurara da Beira.

Almeida é um nome árabe composto de 2 palavras:
al = significa o, a, os, as
majíd = significa glorioso
Almajíd, ao longo do tempo, evoluiu para Almaída, Almaida e Almeida.

Gutierrez

A família Almeida, como vimos, deriva da família Guterres, forma aportuguesada do espanhol Gutierrez. Há diversas variações gráficas para esse nome: Gutiérrez, Gutierrez, Guter, Butre, Gutier, Wittier, Gutierre, Guterre, Guterres, Gut, Goter, Gauter, Gualter, Galter, Gulter, Baltar, Boltar, Belter, Gutérriz, Guterriz, otérriz,
Goterriz, Guteres, Gútrez, Gutrez, Gutérrez, Guterrez, Gottreich, Baltériz, Balteriz, Baldériz, entre outros como a forma inglesa “Goodrich”. Todos pertencentes à mesma família, cuja origem está nos judeus perseguidos pelos visigodos, povo de origem germânica que emigrou do leste europeu.

Dentre os visigodos na Espanha, havia forte presença judaica: “Em todos os eventos, os judeus estavam na Espanha juntamente com os romanos antes de 409; e cerca de um século depois, quando havia apenas um reino visigodo na Espanha, os judeus lá estavam, distribuídos ao longo do país em numerosas congregações, como antítese aos cristãos bárbaros, celebrando seus próprios Sábados, e festivais, circuncidando seus filhos, solenizando o casamento segundo o costume judaico, e observando
estritamente as leis dietéticas, e até mesmo ocasionalmente convertendo escravos pagãos ao Judaísmo.” (Dr. Julius Fust, “Do Oriente”)

Com a invasão dos visigodos, os judeus foram brutalmente perseguidos, e forçados a se converterem, e a abandonarem sua fé. “Aqueles que permaneceram judeus apesar de todo o seu sofrimento [o rei dos visigodos] interditou a celebração da Páscoa, dos Sábados, e de outras festas… se tornariam escravos e perderiam suas posses…. [mas]
obteriam sua liberdade caso se convertessem.” (ibid)

As famílias Gutierrez e Almeida (na realidade, a mesma família), portanto, estão entre as primeiras famílias de origem ibérica a se tornarem cripto-judias, perdendo sua identidade.

INÍCIO DA GENEALOGIA
outra versão do Brasão da família
concedido em 1º de março de 1494

Felgueiras Gayo em seu Nobiliário de Famílias de Portugal, dá a origem dos ALMEIDAS, em Payo Paes Guterres, fundador do Morgado de Tibães, Rico Homem do Conde Henrique da Borgonha, (1035-1114), casado com Teresa, (falecido em 1130), filha de Afonso VI, Rei de Leão e Castela, de quem recebe o título de Conde de Portugal. Esse Payo Guterres, Senhor do Castelo de Leiria, casado com Moninha Dama da Rainha Dona Teresa, tem um neto, Payo Guterres, Senhor do Castelo de Almeida que ele conquistou dos árabes em Riba Coa, ao tempo de Sancho I, (1154-1211 = 2º Rei de Portugal) e que legou aos seus descendentes, que tomaram do nome deste Castelo o sobrenome de família ALMEIDA. João Fernandes de Almeida é o primeiro a aparecer na história com esse sobrenome nas Inquirições de 1258, pois fundou no termo de Azurara da Beira, hoje Concelho de Mangualde, nas terras da Herdade da Cavalaria que recebera com muitos privilégios d’El Rei Sancho I, a vila de ALMEIDA, entre 1223 e 1245. João Fernandes de Almeida é filho de Fernão Canelas que era Senhor das Quintas de Pinheiro e Canelas. Seu neto, Lourenço Anes de Almeida, foi Alcaide-Mor de Linhares e Castelo Novo. Há, também, Fernão Alvares de Almeida, Alcaide-Mor de Abrantes, aio dos filhos de D. João I, o Mestre de Avis, (1357-1433, 10º Rei de Portugal), seu filho, Diogo Fernandes de Almeida está sepultado na igreja de Sta. Maria do Castelo e seus descendentes recebem em 1476, o título deConde de Abrantes, extinto em 1530 e renovado entre 1645-1656 com Miguel de Almeida, que foi um dos 40 Fidalgos da Restauração dos Braganças, em 1640. Dos Condes de Abrantes, descende outro Diogo Fernandes de Almeida, Prior do Crato, cujo filho, Lopo de Almeida, tem entre seus descendentes: a Casa dos Condes de Avintes, cuja varonia Almeida se conservou até o 8º Conde de Avintes, e a Casa dos Condes de Assumar,sendo que o neto do primeiro Conde de Assumar, Pedro de Almeida, foi feito Vice Rei das Índias e recebe, em 1744, o título de Marquês de Castelo Novo, (onde fora Alcaide-Mor, Lourenço, que é neto de João Fernandes de Almeida, o primeiro Almeida) o título é, em 1748, mudado para Marquês de Alornapor ter, Pedro de Almeida, conquistado essa praça de guerra. A varonia Almeida se conserva até o neto do Marquês de Alorna. No Brasil tivemos Dom Pedro Miguel de Almeida Portugal, nascido a 17/10/l688, com 28 anos separou-se da família para vir ao Brasil, em 1717, como 3º governador da nova Capitania de São Paulo e Minas do Ouro. Tornou-se, em 1718, 2º Conde de Assumar, título herdado de seu pai e foi, mais tarde, Marquês de Alorna.

A família Almeida foi uma das mais preclaras do Reino de Portugal, deixando imorredoura memória nos feitos do Vice-Rei da Índia, Dom Francisco de Almeida; na bravura do Alferes-menor Duarte de Almeida, na batalha de Toro; na inteligência da Marquesa de Alorna ; e nas inumeráveis ações com que tantos outros ilustraram a história de Porugal, no continente e na Índia.

João Rodrigues de Sá, senhor de Matosinhos, cantou os Almeidas, em versos:

Nas d'ouro seis arruelas
Em seus escudos pintados
Do sangue honrados prelados
Sempre vimos dentro nelas
E outros leigos d'estados

D'Almeida que já fez cumes
Deu e ajuda dá lumes
D'estado e de senhorio
Abrantes, Crato e quem Dio
Viu desbaratar os rumes

26 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, a minha avó tem um anél com esse brasão.. Nunca vi ele de perto, mas eu já o vi em fotos.

Ann disse...

Acho que há um equívoco sobre o primeiro a aparecer com o sobrenome Almeida de fato, a literatura diz outra coisa fiquei confusa.....

Dom Payo Guterres Amado legou o Castelo aos seus descendentes que tomaram o nome Almeida como sobrenome de família. O primeiro membro da família a receber o sobrenome Almeida foi Pedro Paes de Almeida, filho de Payo Guterres Amado. Por este motivo, Almeida é um nome de origem toponímica, ou seja, sua origem indica um local.Fonte: Nobiliário de Famílias de Portugal Índice H.G. 40102 V. II, Autor: Manuel José da Costa Felgueiras Gaio (1750-1831), Biblioteca Nacional de Portugal CDU 929.52(469).

Luiz de Assis disse...

Fico imensamente grato aqueles que pesquisam e preservam a história.

Luiz de Assis disse...

Fico imensamente grato aqueles que pesquisam e preservam a história.

Sergio medeiros de almeida disse...

Fico muito feliz por conhecer a origem de minha família, é muito bom entrar na nau do conhecimento humano .Me sinto orgulhoso por ter no peito o brasão dos Almeida e prometo honrá-lo e passar de filhos para netos e bisnetos e todas as gerações futuras .

Atenciosamente ,Sérgio Medeiros de Almeida, Perito Criminal do Estado de Pernambuco em 10/10/2015

Unknown disse...

Fiquei feliz em conher um pouco sobre meu sobre nome ,,sou um brazao tbm

Nina Almeida disse...

Excelentes respostas

Nina Almeida disse...

Excelentes respostas

Nina Almeida disse...

Fiquei feliz em conher um pouco sobre meu sobre nome ,,sou um brazao tbm

Ana Paula de Almeida disse...

Fico honrada pois carrego em meu nome Orgulho em ser Almeida

Ana Paula de Almeida disse...

Fico honrada pois carrego em meu nome Orgulho em ser Almeida

Ana Paula de Almeida disse...

Feliz pois sou com orgulho uma Almeida

Ana Paula de Almeida disse...

Feliz pois sou com orgulho uma Almeida

merylima disse...

Sou Almeida tbm

merylima disse...

Sou Almeida tbm

merylima disse...

Sou Almeida tbm

KHAOS disse...

Almeida

Nina Almeida disse...

Tenho brazao no sangue muito bom

josecarlos almeida disse...

Tenho brazao no sangue também,meu nome José Carlos de Almeida




Unknown disse...

Nossa então tenho decendencia Portugusa? Amanda almeida com orgulho!

Carine Almeida disse...

Tenho brasão no sangue tbm ... Sou Almeida do interior do interior de São Paulo ... Itaporanguense com orgulho e Sorocabana por opção ... Mas tenho o brasão tbm , orgulhosa tbm

Raquel Aguiar disse...

Capitão Calixto de Almeida, alguém já ouviu falar, ele era um capitão do mato.

Alicia Moumipis disse...

Tenho orgulho de ser almeida so q nao conheço as meus antepssados

cleber aguiar disse...

Tenho dois brasões no sangue;
ALMEIDA e AGUIAR

Cleber Antonio Almeida Aguiar
(Minas Gerais)

Unknown disse...

Sem comentários show

Unknown disse...

Feliz por ser uma almeida leia maria de almeida